La Romantique

Um café e um amor.Quentes,por favor!

14:35

As Borboletas. - Elizabhett Costa.

Postado por Cost |

Uma vez estava eu em uma praça, não lembro onde, mas me recordo da situação. E lá estava uma menininha, aparentava ter seus oito para nove anos, por aí. Ela estava tentando pegar umas borboletas que sobrevoavam a sua cabeça, e, a gorotinha não cansava de pular, pular... tentativas falhas. Ela não desistia. E eu a observá-la, com o meu jornal na mão. Eu sorria de vez em quando, pensando... Coitada ela não vai conseguir!
Mas não era só eu que pensava isso, eu apenas pensava. Lá ao lado daquela garotinha havia uns garotos que diziam, "Deixe de sua idiotice menina, você jamais conseguirá pegar essas borboletas". Ela não desistiu. Nessa hora eu parei de ler meu jornal.
Comecei a olhar para ela com mais atenção. Observei que ela não queria apenas pegar as borboletas, mas sim a que estava voando mais alto. Fiquei absorta. Pensei em chamá-la, mas não tive a ousadia de arrancá-la de seu objetivo. Quando de repente...
Ela conseguiu. Em meios de tantos obstáculos, aqueles garotos dizendo que ela não iria conseguir. E mesmo assim, a bela menina não desistiu em momento algum.
Isso me fez pensar na vida. Quantas coisas eu já desisti por causa dos obstáculos, que muitas vezes eu mesma colocava, em pessoas que diziam que eu não era capaz e muitas vezes entristecida, eu desistia.
Levantei-me e lá, naquele banco, deixei o meu jornal como registro de minha presença. Daquela praça ficou a recordação, naquele lugar prometi a mim mesma que nunca, mas nunca mesmo, irei desistir de algum sonho, seja lá qual for a pedra em meu caminho, eu seguirei em busca da borboleta mais alta.

1 comentários:

Jaqueline Costa disse...

Lição de Vida! ^^ Obrigada por compartilhar tal aprendizado!

Subscribe