La Romantique

Um café e um amor.Quentes,por favor!

21:12

Sempre há um jeitinho de amar.

Postado por Cost |


"Foi num momento comum durante uma leitura qualquer que eu pecebi isso existindo em mim. É como se eu soubesse que não há jeito. Quando eu digo “não há jeito” eu quero dizer: não há jeito. Isso não vai sair daqui. Pensei no meu coração como um útero onde te guardo, te aqueço e te alimento. Te cuido como se fosse meu bebê. Às vezes me lembro que bebês nascem, mas não dou grande importância ao fato. Você não vai sair daqui. Vou te carregar por onde eu for e quando eu enroscar os meus braços nas minhas pernas, vou me sentir confortável pensando em como é bom te ter aqui. Posso sentir o teu coração batendo dentro do meu. Do meu útero. Não tenho mais urgência, aquele consolo-de-velha. Eu sei que você vai estar sempre aqui. Sinto meu coração ferido em alguns lugares, você é forte. Eu sei, a culpa não é sua. Você nunca me machucaria. Eu vou cuidar de você. Você irá crescer e crescer até que um dia vai entrar na minha pele. Terei que aguentar a dor da sua ansiedade batendo nas paredes do meu útero e eu vou cuidar de você, meu bebê.

"

4 comentários:

Camila disse...

só queria os créditos, obrigada

http://www.fotolog.com.br/mutilada/85723204/

Lipe disse...

Eu coloquei as aspas para indicar que era uma citação, mas não lembrava de onde eu tinha pego, não se preocupe, colocarei os devidos créditos!

Camila disse...

muuuuito obrigada mesmo! E que bom que você gostou, postou e tals :D
Aliás, acho até que te passei o link errado. É que postei isso no tumblr depois e fiz umas modificações. Mas o texto do tumblr está bloqueado porque vai virar um livro :D:D
bom, enfim, boa semana pra você!

Elizabhett Costa disse...

Desculpe-me Camila, foi uma falha minha!

Bjs

/Bhettelipe

Subscribe